OVNI gigante em Mercurio


Objeto não identificado gigante é visto em Mercúrio

video
Clique no botão com 4 setas (lado direito, embaixo do vídeo para tela cheia)
A animação começa depois dos 20 segundos.

Em outubro de 2006, a NASA lançou ao espaço a sonda STEREO (sigla em inglês para “Observatório de relações solares e terrestres”), com a missão de monitorar o sol. Mas a câmera instalada no veículo espacial acabou captando algo inusitado: no último dia 1º, um objeto não identificado foi registrado passando sobre Mercúrio.

No vídeo captado pelo equipamento da agência, o que se observa é uma onda luminosa, de material eletricamente carregado, explodindo e incidindo sobre o planeta mercúrio visto do espaço. O nome atribuído a visões de fenômenos como esse é “Ejeção de massa coronal” (CME, na sigla em inglês), e está relacionado a atividades na superfície do sol.

Mas as CME, em geral, apenas incidem luminosidade sobre determinado ponto como um flash, único e sem interferências. Nesta filmagem, contudo, o espectador pode ver claramente que a tal emissão de energia parece explodir e pegar fogo, o que dá a ideia de que se choca com um corpo espacial aparentemente invisível.

Não há nenhum indício firme de que houve realmente colisão entre uma onda energética e um pedaço de matéria. Mas as teorias de que poderia se tratar de uma nave espacial, por exemplo, já começaram a fervilhar. A explosão, que aparece em tamanho real no vídeo, praticamente se equipara ao tamanho de Mercúrio. Se houve realmente um objeto em questão, ele seria enorme, comparável a um planeta.

Existem certos cálculos, baseados na intensidade da luz e outros indicadores visíveis no vídeo, que podem dar uma pista sobre o fenômeno, ainda que seja impossível chegar a uma resposta definitiva nesse momento.

A própria análise minuciosa das imagens, com detalhes dos pixels, pode fornecer aos pesquisadores uma ideia mais aproximada. Ufologistas que analisaram a filmagem não descartam, logo de início, a teoria de que pode se tratar de algo “banal”, como a explosão de poeira espacial. O vídeo, no entanto, continua sendo assistido e debatido com intensidade. [Life'sLittleMysteries]